Cronologia da Entidade no contexto da imigração

Centro Cultural Hiroshima do Brasil

1895 Assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Japão-Brasil.
1908 Chegada da primeira leva de imigrantes da província de Hiroshima (42 indivíduos distribuídos em oito unidades familiares) ao porto de Santos a bordo do vapor Kasato-maru.
1914 Criação do Consulado Geral do Japão em São Paulo.
  Criação de uma associação de provincianos de Hiroshima no Hotel Hiroshima, em São Paulo.
1924 Início da concessão de auxílio financeiro aos emigrantes pelo governo japonês. Neste ano, 573 pessoas egressas da província de Hiroshima imigraram para o Brasil.
1941 Partida do último navio de imigrantes de Kobe no período pré-guerra.
1942 Rompimento das relações diplomáticas entre Brasil e Japão.
  Congelamento de bens de nacionais japoneses, alemães e italianos.
1943 Ordem de evacuação de nacionais japoneses, alemães e italianos da região costeira do estado de São Paulo.
1950 Criação da Sociedade de Assistência aos Órfãos da Bomba Atômica, responsável por atividades de coleta de fundos que eram usados para a compra de víveres enviados a oito entidades assistenciais.
1952 Reestabelecimento do fluxo de imigrantes japoneses para o Brasil. Neste ano, 51 pessoas egressas da província de Hiroshima, distribuídas em 11 unidades familiares, imigraram para o Brasil.
1955 Criação da sociedade “Geibi Kyokai” (primeiro presidente: Yoshinobu Takeda). Visita do secretário de assuntos exteriores da província, Morinosuke Hotokezaki, que externou seu desejo de que “os moradores da província tivessem a oportunidade de emigrar para o ultramar, por poucos que fossem”.
1956 Visita do então governador da província de Hiroshima, Hiroo Ohara, ao Brasil para fins de coleta de informações.
1959 Mudança do nome da sociedade “Geibi Kyokai” para “Hiroshima Kenjin-kai do Brasil” Presidente: Soichi Taruma.
1961 Chegada das primeiras “noivas por correspondência” de Hiroshima ao Brasil.
1962 Criação do programa de bolsas de estudo pela província de Hiroshima.
1963 Intercâmbio com a associação dos co-provincianos de Hiroshima na Argentina.
  Início das atividades do programa de bolsas de estágios e intercâmbio em Hiroshima.
1967 Publicação de lista de associados e da primeira história da imigração de Hiroshima.
1969 Visitas turísticas em grupo à província de origem.
1971 Inauguração da sede social da associação. O evento teve a participação do então governador de Hiroshima, Itsuo Nagano.
1973 Chegada do último navio de imigrantes ao porto de Santos (do mês de abril em diante, os imigrantes passam a vir de avião).
1975 Inauguração de um monumento em homenagem aos imigrantes falecidos.
1979 Cerimônia de comemoração do 25.º aniversário de fundação. O evento contou com a presença de Hiroshi Miyazawa (então governador da província de Hiroshima), Hidekazu Kodama (presidente da assembleia legislativa de Hiroshima), Teruo Sanuki (então prefeito da cidade de Higashi-Hiroshima), uma comitiva de deputados provinciais e 50 membros da Câmara da Indústria e Comércio de Hiroshima.
1980 Instituição da coirmandade entre as cidades de Higashi-Hiroshima e Marília.
  Visita de uma comitiva formada por membros da Sociedade dos Co-Provincianos de Hiroshima no Brasil à província de Hiroshima.
1983 Criação da Associação Hibakusha Brasil pela Paz (sobreviventes da bomba atômica).
1984 Cerimônia de comemoração do 30.º aniversário de fundação da associação. Estiveram presentes ao evento Toranosuke Takeshita (então governador de Hiroshima), Toshihiro Hiyama (então presidente da assembleia legislativa), Teruo Sanuki (então prefeito da cidade de Higashi-Hiroshima) e vários membros da câmara dos vereadores de Higashi-Hiroshima.
1985 Primeira visita de uma equipe de médicos especializados no tratamento de vítimas da bomba atômica ao Brasil.
1988 Visita de membros da associação dos co-provincianos de Hiroshima de Los Angeles ao Brasil.
1991 Início do programa de treinamento técnico fornecido pela província à população nipo-brasileira (o programa se manteve em funcionamento até 1996).
1995 Cerimônia de comemoração do 40.º aniversário de fundação da associação. O evento contou com a presença de Yuzan Fujita (então governador de Hiroshima) e diversos membros da assembleia legislativa e de outras unidades administrativas.
1996 Início das atividades de intercâmbio internacional para os jovens. Nove pessoas são convidadas a participar.
  Vinte idosos e outros membros da associação são convidados para o Festival Nacional de Esportes do Japão.
1998 Kazuso Tsutsui (presidente da Shinko Industrial Bombas e Turbinas) é eleito 3.º presidente da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima.
2000 Visita do Rotary Club de Hiroshima ao Brasil.
  Convite para participação no Festival “Hiroshima” de Cultura Popular.
2001 Visita do governador de Hiroshima, membros da assembleia legislativa, prefeitos das cidades, membros da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima, a América do sul, e por ocasião ao Brasil para o estudo de futura instalação da nova sede social.
2002 É realizado em Hiroshima o 1.º Encontro Internacional de Co-Provincianos Residentes no Ultramar.
2003 Inauguração da nova sede social. Cerimônia de comemoração do 50.º aniversário de imigração pós guerra e dos 95 anos da imigração japonesa no Brasil. As festividades contaram com a presença de Yuzan Fujita, então governador da província, membros da assembleia legislativa, prefeitos das cidades, membros da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima, perfazendo um total de 52 participantes.
  Kazuso Tsutsui, então presidente da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima, é condecorado com a Medalha dos Bandeirantes, honraria concedida pelo governo do estado de São Paulo, e com a Ordem do Rio Branco, concedida pelo governo federal.
2004 Conclusão das obras do ginásio esportivo da associação.
  Festa de boas-vindas aos tripulantes de Hiroshima que vieram a bordo do navio da Força Marítima de Autodefesa do Japão.
  Início das atividades do grupo Hiroshima de “Radio taissô”.
2005 Apresentação de “kagura” nos eventos “Geinosai” (organizado pelo Bunkyô de São Paulo) e “Festival do Japão” (organizado pelo Kenren).
2006 Convite para participação no Encontro Internacional da Juventude em Hiroshima.
  Cerimônia de comemoração do 40.º aniversário de fundação do Kenren.
  Cerimônia de comemoração do 60.º aniversário de fundação do Jornal São Paulo Shimbun
2007 Entidade passa a se chamar “Centro Cultural Hiroshima do Brasil”.
  Término das obras de construção do 2.º subsolo (estacionamento) da sede social.
2008 Cerimônia de comemoração do centenário da imigração japonesa no Brasil e do centenário da imigração de Hiroshima no Brasil.
  O evento contou com a presença de Yuzan Fujita, então governador de Hiroshima, membros da assembleia legislativa, prefeito da cidade Higashi-Hiroshima, outros prefeitos das cidades, membros da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima.
  Festa de boas-vindas aos tripulantes de Hiroshima que vieram a bordo do navio da Força Marítima de Autodefesa do Japão e aos integrantes da Sociedade Artística “Kagura” de Aki-Takata.
  Exposição fotográfica em homenagem ao centenário da imigração é realizada no antigo prédio da sucursal de Hiroshima do Banco do Japão.
2009 Visita de comitiva de oito membros da associação ao Japão para participar das festividades dos 30 anos de fundação da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima.
  Falecimento de Iossuke Tanaka, presidente de honra da associação, e Akio Hosokawa, conselheiro.
  Primeira participação no “Tooro Nagashi” de Registro.
2010 Koji Shirai (presidente da agência de publicidade Mizuma Kobo) é eleito 5.º presidente da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima.
  Cerimônia de comemoração do 55.º aniversário de fundação da associação.
2012 Falecimento de Haruto Okimasu, conselheiro, e Masuji Kiyotani, ex-diretor da associação.
2013 Realização da 1.ª Hiroshima Fest.
2014 Visita do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e sua esposa, Akie Abe, ao Brasil.
  Início da coleta de fundos para auxílio às vítimas dos deslizamentos de terra ocorridos em Hiroshima. 
  Festa de boas-vindas ao presidente da Sociedade Nipo-Brasileira de Hiroshima, Koji Shirai.
2015 Yasuyuki Hirasaki é eleito novo presidente da associação em assembleia geral.
  Cerimônia de comemoração do 60.º aniversário de fundação do Centro Cultural Hiroshima (solenidade, espetáculo de “kagura”, exposição fotográfica sobre as bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki). O evento contou com a presença de Hidehiko Yuzaki (governador de Hiroshima) e comitiva, perfazendo um total de 65 participantes.
  Falecimento de Yuzan Fujita, ex-governador de Hiroshima.
  Festa de boas-vindas aos tripulantes de Hiroshima que vieram a bordo do navio da Força Marítima de Autodefesa do Japão.
  Festa de boas-vindas ao cônsul-geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae (natural de Hiroshima), e família.
  Elzo Sigueta (vice-presidente) e Shigeo Oda (diretor secretário) visitam as sucursais da associação em Marília, Araçatuba e Presidente Prudente.
  Falecimento de Kimio Ishii, diretor tesoureiro, aos 76 anos.
2016 Visita de retribuição ao Japão (Sigueta, sr. e sr.ª Murakami, Ikeda, Hiranobe).
  Falecimento de Shinichi Oki, diretor, aos 76 anos.